PorkWorld - O Mega Portal da Bovinocultura de Corte Brasileira

Angus registra expansão no Promebo

Sexta-feira, 8 de Junho de 2018 às 13h31

Angus registra expansão no Promebo

A presença de animais Angus inscritos no Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne  (Promebo) vem aumentando expressivamente nos últimos anos. Segundo dados apresentados pela coordenadora do Promebo, Fernanda Kuhl, a raça tem atualmente 418 mil animais cadastrados, uma expansão de aproximadamente 10 mil exemplares por ano. O levantamento foi apresentado ao corpo técnico da Associação Brasileira de Angus na manhã desta sexta-feira (8/6), durante reunião nacional no município de Água Boa, no Mato Grosso. 

Fernanda apresentou o trabalho que está sendo desenvolvido junto à Embrapa, que atualmente realiza as análises genéticas para o programa, e detalhou as mudanças que irão ocorrer na disponibilidade das informações geradas com o novo sistema que será implementado pela Associação Nacional de Criadores - Herd Book Collares (ANC). Além disso, relatou os avanços de trabalho com DEP Genômica focada na seleção de rebanhos mais resistentes ao carrapato. “Coletamos 1,1 mil amostras de fenótipo e DNA no rebanho Angus e isso nos dará, já no curto prazo, informações para seleção de animais geneticamente mais resistentes ao ectoparasita."

Durante a manhã, a superintendente de registro genealógico da ANC, Silvia Freitas, ainda esclareceu dúvidas e detalhou os ajustes que devem ser realizados nos procedimentos de inspeção dos animais registrados, muitos deles ainda em tratativas junto ao Ministério da Agricultura. Segundo Silvia, a orientação é essencial para corrigir rotas a campo e minimizar correções de dados lançados e pré-registros. “São medidas que buscam ampliar a confiabilidade de dados genealógicos e facilitar o trabalho a campo." 

O encontro de técnicos Angus segue até domingo e integra também representantes do Conselho Técnico da Associação Brasileira de Angus. Ao abrir o evento, o presidente do Conselho Técnico, Camilo Vianna, ressaltou a importância de a reunião ocorrer no Brasil Central, uma região com alto consumo de genética Angus para o cruzamento industrial. “Temos que produzir a genética que o Brasil Central precisa e que hoje ainda é atendido por muito sêmen importado. Estamos aqui para ver esse mercado de perto”, frisou, lembrando que, neste final de semana, ocorre Dia de Campo e leilão Megacruza, um dos maiores eventos de oferta de gado meio sangue do país. Neste ano, o leilão irá ofertar mais de 7 mil animais. 

Em sua manifestação, o médico veterinário da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, ponderou que, apesar da força da genética Angus importada, a produção nacional se sobressai em relação a questões inerentes à criação no Brasil, como o controle do carrapato. Segundo ele, é com diferenciais relacionados a questões como a infestação de ectoparasitas, por exemplo, que será possível determinar o uso ainda maior do sêmen nacional.

Fonte: assessoria de imprensa

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira