PorkWorld - O Mega Portal da Bovinocultura de Corte Brasileira

Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017

A Personalidade do Ano é Arnaldo Jardim, Secretário Estadual de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo...

Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2017 às 11h15

Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017
Grandes nomes do Agro do Brasil recebem o Prêmio ABC 2017

A Associação Brasileira de Criadores (ABC) homenageou alguns dos mais importantes nomes do agronegócio nacional na última segunda-feira à noite, em São Paulo, durante a comemoração dos 91 anos da entidade, num evento que proclamou a força do produtor rural brasileiro, que está colhendo 230 milhões de toneladas de grãos, é um dos maiores exportadores de carnes do planeta e, ao mesmo tempo, é responsável por preservar grande parte do mei ambiente de suas propriedades privadas sem receber nada por isso. O evento foi realizado no Clube Alto dos Pinheiros, destacou nomes em seis categorias e elegeu como Personalidade do Ano o engenheiro civil e Secretário Estadual de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim. Ele já foi quatro vezes deputado estadual e, atualmente, está licenciado de seu segundo mandato como deputado federal. “Nós não temos ilusão de que o País possa se organizar somente em cima de um setor, mas quando temos que pensar em um novo ciclo econômico é preciso identificar o setor dinâmico, que deve ter três características: acúmulo de capital com decisões tomadas no Brasil, alta capacidade de inovação e um efeito capaz de repercutir nos outros setores da economia. O agro tem todas essas características”, afirmou Arnaldo Jardim.

Na categoria Associativismo, o homenageado foi João Martins, formado em Administração de Empresas, que possui uma trajetória profissional ligada à atividade pecuária há mais de 50 anos. Foi eleito presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para o quadriênio 2017-2021, e também comanda a Agropecuária João Martins S/A. Carlos Eduardo Pasetti recebeu o prêmio de Pecuarista de Leite. O empresário é CEO da Laticínios Xandô, uma das maiores empresas do segmento no Brasil, vendendo leite tipo A pasteurizado produzido na Fazenda Colorado e também suco de laranja com a marca Xandô, produzido principalmente com frutas cultivadas em sete fazendas que pertencem à holding Grupasso, em cidades do interior paulista.

O Pecuarista de Corte é Carlos Viacava, que atua há mais de 30 anos na seleção de Nelore Mocho com a marca CV em fazendas de Paulínia, Presidente Epitácio e Presidente Venceslau, todas no interior de São Paulo. Economista, foi diretor da CACEX e presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB). O Chefe Geral da Embrapa, onde atua desde 1980, Evaristo Miranda foi homenageado na categoria Ensino / Pesquisa. Engenheiro Agrônomo, tem mestrado e doutorado em ecologia, centenas de trabalhos publicados no Brasil e no exterior e mais de 45 livros. Participou e coordenou mais de 40 projetos de pesquisa e implantou e dirigiu três centros nacionais de pesquisa. “Agora temos números exatos, do Cadastro Ambiental Rural, que atestam como o Brasil preserva o meio ambiente bem acima da média dos maiores países do mundo. São 177 milhões de hectares. Mais de 60% do território inteiro. E o Agro usa apenas 9% deste território para ser a segunda força agropecuária do planeta”, informou Evaristo de Miranda.

No segmento Mídia, recebeu o prêmio Donário Lopes de Almeida, que já passou por grandes empresas do agronegócio brasileiro, dirigiu durante dez anos o Canal Rural e hoje é conselheiro da empresa que é um dos maiores veículos de comunicação do País. A homenagem foi entregue a Júlio Cargnino, atual presidente do Canal. “A ABC foi uma das precursoras da comunicação segmentada no agronegócio. Ela foi fundamental para a construção da comunicação que temos hoje”, afirmou Júlio.

Todos foram recepcionados pelo presidente da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, que destacou os 91 anos de serviços prestados pela entidade ao desenvolvimento da pecuária nacional. Durante a cerimônia, Luiz Alberto destacou o trabalho de digitalização de todas as 820 edições da “Revista dos Criadores”, publicados de 1930 a 2000. “Esse protagonismo agro na retomada econômica vem acompanhado também de uma grande evolução na forma de divulgar as conquistas do setor, que reverberam em toda a sociedade. Vamos divulgar nosso patrimônio para a sociedade também lançando um livro inspirado na Revista dos Criadores”, revelou ao final o presidente da ABC. A cerimônia terminou com um coquetel no Clube Alto dos Pinheiros.

Fonte: Revista Beef

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira