PorkWorld - O Mega Portal da Bovinocultura de Corte Brasileira

Marfrig registra receita liquida de 5,1 bi

Terça-feira, 15 de Maio de 2018 às 10h23

Marfrig registra receita liquida de 5,1 bi

A Marfrig Global Foods apresentou hoje à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) seu resultado fiscal referente ao primeiro trimestre de 2018.

A Companhia vive, hoje, um período de transição. Essa fase foi iniciada em abril, com o anúncio da aquisição de 51% da National Beef, quarta maior processadora de carne bovina dos Estados Unidos, e da intenção de venda da Keystone Foods, focada em alimentos processados para o segmento de foodservice. Com a concretização da compra da National Beef, a Marfrig Global Foods concentra-se em seu negócio de origem e passa a ser a segunda maior processadora de carne bovina o mundo, em capacidade de produção.

Em função desse cenário de transformação do negócio e da descontinuidade da divisão Keystone, os resultados do período são apresentados de forma combinada.

No primeiro trimestre do ano, os números registrados pela Marfrig Global Foods demonstram a expansão dos negócios, acompanhada de ações estratégicas para a garantia da disciplina financeira. A receita líquida combinada total atingiu 5,1 bilhões de reais, uma alta de 24% em relação ao mesmo período que o ano passado, reflexo sobretudo do aumento do volume produzido.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) ajustado combinado foi de 351 milhões de reais, uma expansão de 5% na comparação com o 1T17. O lucro bruto – também combinado – chegou a 525 milhões de reais nos primeiros três meses do ano – elevação de 14%. O prejuízo líquido foi de 206 milhões de reais – 32 milhões de reais menor que o registrado no mesmo período do ano passado.

No 1T18, a alavancagem da Marfrig, medida pela relação dívida líquida e Ebitda Ajustado das operações continuadas, foi de 3,67 vezes.

A Companhia continuou a perseguir, neste início de exercício, a melhoria do perfil da dívida. Em janeiro, emitiu bônus no valor de 1 bilhão de dólares, com demanda quatro vezes superior à oferta inicial, taxa anual de 6,875% e vencimento em 2025. Os recursos obtidos com a emissão foram usados na recompra de notas sêniores com vencimento em 2018 e 2019.

A compra do controle da National Beef, o foco na produção de carne bovina e a redução da alavancagem fizeram com que, em abril, a agência de crédito S&P colocasse o rating corporativo da Marfrig em observação, com perspectiva positiva (positive credit watch).

Fonte: assessoria de imprensa

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira